5 sinais de Ansiedade de Separação

ansiedade de separação cachorro

A ansiedade de separação vem crescendo cada dia mais nos cães, principalmente os urbanos que passam muitas horas sozinhos, trancados dentro de casa. A ansiedade pode ser bastante prejudicial para seu animal, além dele poder se machucar durante as crises, esse estresse constante pode levar a outros problemas de saúde a médio prazo, como por exemplo gastrites, manias, irritabilidade e agitação.

Ela acontece porque para os cães que vivem em matilhas na natureza, e você faz parte da matilha dele, quando você sai ele não entende porque você o deixou lá sozinho, na cabecinha dele ficar sozinho é sinal de perigo. Além disso o tédio, e a falta de exercício físico podem piorar essa ansiedade.

Será que seu cão sofre de ansiedade de separação? Veja os principais sinais descritos pela médica veterinária Dra Andressa Gontijo.

1- Muito latido: aquele cão que fica latindo sem parar quando os donos saem podem sofrer da doença

2- Auto-mutilação/ lambedura excessiva: normalmente um cão que está sob estresse lambedura em excessotende a criar manias, uma delas é se lamber sem parar, muitas vezes chegando a se
machucar. Um sinal dessa lambedura em excesso é que cães de pelos claros começam a ficar com os pelos avermelhados por causa da saliva, porém ele também pode se lamber por causa de uma alergia de pele, então é importante que o veterinário faça essa diferenciação para você.

3- Destruição: você sai de casa e ele simplesmente destrói a casa, as almofadas, a caminha, os móveis, seus sapatos. Alguns cães para “se vingarem” fazem xixi nas coisas de seu dono, como forma de protesto por terem ficado sozinhos.

4- Tentativa de fuga: alguns cães no desespero de verem seus donos saindo procuram uma forma de fugir, ou raspando a porta tentando abri-la, ou pulando um portão, passando por uma grade, por isso todo cuidado é pouco nessas horas.

5- Tristeza: um cão que sente que sua matilha o “abandonou” pode não querer comer ou brincar, ficando a espera de seu dono voltar.

Qualquer sinal que mostre que seu cachorro está sofrendo de estresse ou ansiedade, converse com um veterinário, ele irá ajuda-lo com a melhor saída!

Andressa Gontijo

Médica Veterinária e fundadora da empresa de Pet Sitters My Pet’s Nanny

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!