É possível passear com gatos?

Os felinos são animais que amam a liberdade, quem tem um felino sempre fica no dilema, “deixo ou não deixo ele dar uma voltinha pela vizinhança?”.

Nessa voltinha há muitos riscos, muitas vezes seu gato pode não voltar, ou voltar envenenado, por exemplo, por causa dos riscos, esses animais passam a vida trancados dentro de um apartamento ou de uma casa, diferente dos cães que podem ir para parques e fazer longas caminhadas com seus donos.

passeio_gato_1

Pensando nisso alguns donos de felinos começaram a também tentar  passear com seus gatos, se você também tem essa vontade, fique de olho nas dicas:

1- Acostume-o de pequeno: um filhote irá se adaptar muito mais rapidamente do que um adulto, o ideal é que antes que ele saia para a rua você comece a acostuma-lo dentro de casa com a coleira e com a guia, deixe que ele ande de coleira pela casa, prenda a guia, dê uma volta no quintal, ou pela casa.

2- Espere o momento certo: vá treinando dentro de casa até que ele esteja pronto para sair para a rua, não esqueça que ele deverá estar com as vacinas, vermífugos e antipulgas em dia.

3- Sempre coloque uma peitoral, nunca coleira de pescoço: não conseguimos prever as reações dos felinos como prevemos nos cães, ele poderá se assustar com algo, e sair correndo, podendo se machucar ou mesmo escapar.

passeio_gato_2

4- Cuidado com a largura da peitoral: não deixe muito frouxa, os felinos conseguem literalmente se “dobrar”, e passar as patas pelos vãos da coleira, e escapar.

5- Quem dita o passeio é ele, não você: diferente dos cães são os felinos que vão dizer onde querem ir, às vezes ele irá querer caçar um bichinho, ou subir numa árvore, então esteja preparado para tudo.

6- Procure locais calmos: os felinos por natureza estão sempre atentos, e prontos para fugir de algum possível predador, então altos ruídos, cachorros, etc poderão deixar seu gato extremamente estressado e assustado. Busque um local calmo para esses passeios.

7- Escolha um local e procure ir sempre nele: além de serem locais calmos, tente sempre ir nos mesmo lugares, principalmente no início das saídas. Faça o mesmo trajeto se possível, isso trará mais tranquilidade para ele.

passeio_gato_3

8- Não o force: Se seu gato não estiver gostando das voltinhas, desista do passeio, pense em outras coisas para entretê-lo em casa mesmo como por exemplo brinquedos, móveis próprios para gatos, ou um cat sitter que possa brincar e gastar a energia dele, mas evite força-lo.

9- Se tudo der certo, acredite, ele irá AMAR essas voltinhas, e com certeza estará muito mais seguro do que andando sozinho por aí!

Andressa Gontijo

Médica Veterinária

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!