Entra em vigor, em Minas Gerais, lei que proíbe teste de cosméticos em animais.

Nessa quinta-feira (26/07/18), entrou em vigor, em Minas Gerais, a lei que proíbe o uso de animais para desenvolvimento, experimento e teste de perfumes e produtos cosméticos e de higiene pessoal.

teste_4

De acordo com a assessoria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, a lei foi promulgada pelo deputado Adalclever Lopes, presidente da casa. O governo de Minas Gerais informou que a nova lei será cumprida em todo o estado.

A proposta chegou a ser barrada pelo governador Fernando Pimentel e o veto foi assunto na Assembleia durante quase todo primeiro semestre do ano legislativo.

O veto foi derrubado pelos deputados no dia 17/07/18, em uma sessão onde outros 11 vetos foram analisados.

teste_1

“A proibição abrupta de experiências e testes sem a definição de métodos alternativos válidos nacionalmente quanto a perfumes e produtos cosméticos e de higiene pessoal e seus componentes, pode gerar grandes riscos ao desenvolvimentos da pesquisa no setor”, dizia o veto do governador Pimentel.

O Executivo já vem adotando medidas que incentivam o fim dos testes em animais como, por exemplo, o selo “Minas sem Maus-tratos: produto não testado em animais”, que certifica a origem do produto.

teste_2

Nós esperamos que essa lei se estenda a todo o país!

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!