Mulher descobre que um gato invadia a sua casa todas as noites.

A primeira vez que Johanna King percebeu que tinha um intruso na sua casa em Long Island (EUA), ninguém chegou a vê-lo. O marido de Johanna ouviu um barulho na cozinha por volta da meia noite e foi ver o que era mas, quando chegou até o local, o invasor já estava saindo pela portinhola do cachorro. O marido de Johanna achou que poderia ser uma raposa, por mais estranho que parecesse, e voltou para a cama.

invasor_1

A princípio, Johanna não acreditou muito na história do marido, mas depois ela percebeu que a comida do gato estava acabando mais rapidamente do que de costume; o que era estranho, porque seu único gato não costumava comer muito. Desconfiando que a história do invasor do marido podia ter algum sentido, Johanna resolveu colocar uma câmera na cozinha para ver se eles conseguiam descobrir o que estava acontecendo no andar debaixo da casa enquanto eles dormiam.

E foi assim que ela descobriu que um gato estava invadindo a casa deles todas as noites!

Johanna ficou chocada com a descoberta. Ela pensou que seus cachorros e o gato teriam uma reação mais barulhenta ao estranho entrando na casa deles mas, apesar de um tumulto inicial, eles acabaram aceitando que o invasor também vivia ali agora. O gato ainda era muito parecido com o gato de Johanna, então ele se misturou perfeitamente.

invasor_2

“Meus cachorros foram inúteis nesse processo. Não sei se é porque esse gato se parecia muito com o meu próprio gato ou se porque o gato entrou na casa como se fosse dono de tudo ali. Você nota já na primeira vez que eu peguei ele nas câmeras que ele estava confiante e sabia todo o layout da casa. Ele andava como se fosse dono daquilo!”, ela disse.

Johanna começou a pegar o invasor todas as noites na câmera e ficou impressionada como ele era abusado. Ele não se importava com o fato de que ali não era a casa dele, ele ficava confortável toda vez que aparecia, aproveitando cada uma das visitas.

invasor_3

“Na primeira vez que eu vi ele nas câmeras, ele dormiu na minha mesa de jantar por uns 20 minutos. Meu gato passou por ele e nem percebeu! Ele entrava pela portinhola do cachorro, dava uma volta pela casa e entrava na lavanderia, onde fica a comida do gato. E depois tirava um cochilo na mesa! Eu também peguei ele brincando na minha pia, derrubando algumas louças e passeando pelo sofá!”

Conforme o tempo foi passando, o invasor foi ficando mais descarado e, às vezes, passava na casa enquanto o casal ainda estava acordado.

invasor_4

“Algumas vezes eu estava sentada no sofá com as luzes acesas (e meus cachorros no meu pé) e eu me deparo com dois olhos enormes brilhando no escuro, me olhando da cozinha. E então ele dava meia volta e saía da casa. Era muito difícil saber se eu estava olhando para o Gato Arrombador (como meu marido chamava ele) ou para o meu próprio gato!”

Johanna e o marido decidiram que já era hora de tentar pegar o invasor em flagrante. Eles montaram uma armadilha dentro de casa e viram o gato dar a volta pela armadilha. Eles resolveram montar a armadilha do lado de fora, mas parecia que o gato era esperto demais para cair nos truques deles. O casal então aceitou que eles não iam conseguir pegar o gato e que ele vivia na casa deles agora.

invasor_5

“Eu até coloquei uma toalha na minha mesa de jantar onde ele gostava de dormir. Eu pensei que, já que ele ia invadir, melhor que ele ficasse confortável”, disse Johanna.

O casal manteve a armadilha montada do lado de fora da casa por garantia e, de alguma maneira, uma noite eles finalmente conseguiram pegar o invasor.

invasor_7

Johanna já tinha preparado uma gaiola grande dentro de casa para caso conseguissem pegar o invasor, ela pudesse colocar ele ali para não fugir. Ele estava aturdido e um pouco em choque que ele tinha realmente sido pego mas, depois de um tempo ele foi se apegando à nova amiga e até deixou Johanna fazer um carinho nele.

Johanna já vinha postando sobre o invasor nas suas redes sociais, e todo mundo estava amando as suas histórias. Ela esperava que, através dos posts e novidades, alguém conseguiria identificar a família dele e ela poderia devolver o gato em segurança, para que ele não invadisse mais a casa de ninguém.

invasor_8

“Minha intenção inicial era encontrar o dono dele e devolver o meliante para a família”, disse Johanna.

Mas depois de interagir com ele e ver a condição que ele estava, Johanna desconfiou que ele era de rua ou tinha sido abandonado, e estava invadindo a sua casa atrás de um pouco de conforto e amor. Ela decidiu batizar ele de Hunter, e esperava que pudesse ajudar ele  a encontrar o amor que merecia.

invasor_9

Inicialmente ela pensou em adotar Hunter mas, depois de levar ele ao veterinário, descobriu que ele tem FIV e não poderia viver junto com o gato de Johanna. Agora ela está trabalhando junto com uma ONG para encontrar a casa ideal para ele e assim espera que ele não precise invadir mais nenhuma casa.

“Eu acho que ele invadiu a casa certa. Talvez outra pessoa não estivesse tão disposta a ajudá-lo! Eu não posso mudar o mundo, mas espero poder fazer o mundo dele um pouco melhor!”

invasor_10

Nós esperamos que Hunter encontre uma família que encha ele de amor! ♥

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!