Reino Unido vai proibir a venda de filhotes de animais em pet shops.

O Reino Unido vai proibir a venda de animais com menos de 6 meses em pet shops de todo o país. A proibição visa conter a exploração e os maus tratos que os animais sofrem, anunciou o Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais (Defra).

“Quem quiser comprar ou adotar um cão ou gato com menos de 6 meses terá que procurar um criador ou um abrigo”, declarou o Defra.

proibicao_inglaterra_1

Pesquisas realizadas no país mostraram que 95% da população é favorável à lei, que entrará em vigor em 2019. A lei será chamada de Lucy’s Law (Lei Lucy), em homenagem à cadela da raça Cavalier resgatada de uma fazenda de filhotes no País de Gales em 2013, e que comoveu a população.

Um dos objetivos da lei é por um fim às condições terríveis dos criadouros de filhotes que existem no mercado, principalmente os muitos grandes e os que não tem licença.

Os pet shops só serão autorizados a negociar diretamente com os criadouros legais ou com abrigos que respeitem o bem estar dos animais.

proibicao_inglaterra_2

A ONG Britain’s People’s Dispensary for Sick Animals (PDSA) estima que 49% da população do Reino Unido tem ao menos 1 animal de estimação. Ao todo são 11.1 milhões de gatos, 8.9 milhões de cachorros e 1 milhão de coelhos.

Nós esperamos que essa lei sirva de exemplo para os nossos governantes.

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!