São Francisco cria lei que obriga pet shops a oferecerem somente animais resgatados.

A cidade de São Francisco (Califórnia) aprovou um projeto de lei que proíbe a venda de cães e gatos em pet shops. Agora esses estabelecimentos só poderão oferecer animais que tenham sido resgatados. O Conselho de Supervisores da cidade votou por unanimidade pela alteração no código de saúde local.

Essas novas regras só permitirão cães e gatos que venham de grupos de resgate, abrigos ou ONGs; além de proibir a comercialização de animais com menos de 8 semanas de vida.

De acordo com Katy Tang, uma das representantes do Conselho, esta é uma maneira de incentivar a adoção desses animais e também frear o comércio que se criou em torno dos animais.

“Esta lei servirá para impedir a venda de animais feitas por criadores irresponsáveis, que só pensam na produção em massa e produzem cachorros e gatos como se estivessem em uma linha de montagem”, disse Katy.

Os criadores licenciados não serão afetados pela nova regras, que pretende impedir preventivamente o que o Conselho considera “práticas desumanas e enganosas de criação em larga escala que fornecem animais para pet shops e diretamente aos consumidores, através de anúncios na internet”.

Nós esperamos que essa lei sirva de exemplo para o resto do mundo!

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!