Seu gato se alimenta diferente quando você viaja? Veja como o cat sitter pode ajudar!

alimentacao_gato_1

Muitas pessoas não imaginam, mas os felinos, assim como os cães, sentem falta sim dos seus donos quando eles precisam se ausentar.

Eles mudam seu comportamento e hábitos; e isso pode piorar quando ficam fora de suas casas.Os gatos tem mais dificuldade em se adaptar a um novo ambiente, como hotéis ou casa de parentes, do que os cães. Quando saem de suas casas esses hábitos podem mudar ainda mais devido ao estresse.

Algumas mudanças consideráveis estão nos hábitos alimentares deles. Vemos gatos que, quando estão sozinhos por longos períodos ou passando por estresse, começam a comer mais ou menos. Sim, encontramos os dois extremos; aqueles gatos que comiam bem e passam a comer menos e aqueles gatos que comiam pouco devorando seus potinhos de comida.

Alguns casos que já tivemos: uma proprietária passou a quantidade de comida diária de seus gatos e garantiu que sempre sobrava um pouco para o dia seguinte; quando chegávamos no dia seguinte na sua casa os potinhos estavam vazios e os gatos miando por comida. Nesse caso eram gatinhos que, com a ausência do dono e com o tédio de ficarem sozinhos, começaram a comer mais do que de costume. Para esse caso sugerimos que ela tivesse a profissional que cuidava dos gatos mais vezes na residência, dando assim maior atenção a eles.

Outro caso que tivemos foi de um gato que ficou hospedado na residência da cuidadora e, por estar em um ambiente que ele não conhecia, com outros gatos e outros cheiros, passou a não querer comer. Nesses casos, sugerimos que o gato permaneça em sua residência e seja cuidado lá para diminuirmos o estresse.

Algumas dicas para quando o pet não come são:

– Aumentar sua atividade: brincar com o gato ajuda que ele gaste energia e sinta vontade de comer;

– A mudança da ração também ajuda: um sabor novo no alimento pode estimular; não precisa necessariamente mudar a marca, basta mudar o sabor que ajudará a criar uma nova atração pelo alimento.

É importante lembrarmos que, sempre que houverem mudanças muito bruscas na rotina dos felinos, poderá afetar os seus diversos hábitos. Quanto mais mantivermos sua rotina, melhor!

Andressa Gontijo – Médica Veterinária e fundadora da empresa de Pet Sitter My Pet’s Nanny

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!