Veja como ajudar seu cachorro a perder peso.

perda_peso_1

A obesidade em animais está tão grande quanto nos humanos. A falta de exercício, somada a uma alimentação hipercalórica, tem feito com que nossos amigos de 4 patas fiquem cada vez mais gordinhos.

Por isso, deixaremos aqui uma lista de atenções que se deve ter com seu pet e o que você poderá fazer com ele para auxiliar:

1- Fique de olho na quantidade de comida. As pessoas tem a tendência de, quando saem para trabalhar, deixar muita comida; assim o cachorro tem algo para fazer. É como uma forma de se redimirem de uma culpa por deixá-los sozinhos. Saber a quantidade certa que seu cão precisa comer e fazer com que isso seja sempre seguido é imprescindível na hora de manter o peso do seu animal.

2- Quanto mais fracionado, melhor. Sempre lembre disso, quanto mais você fracionar a comida dele, melhor será para o metabolismo do seu cão. Um cão que come uma vez por dia, por exemplo, tende a ficar mais gordinho do que um que come 3 ou 4x por dia. Isso porque cada vez que ele come o metabolismo dele é “ativado”, gastando calorias para a digestão. Mas não adianta ser grandes porções e sim dividir a porção de 1 dia em 4 pequenas porções, por exemplo.

3- Petiscos, esse é um grande vilão. A maioria das pessoas adoram dar petiscos para seus cães justamente porque é uma forma de agrado, ainda mais quando seu cãozinho fica muito tempo sozinho. Porém os petiscos, por mais simples que sejam, são bastante calóricos. O ideal, caso seu cãozinho esteja gordinho, é não passar de 10% das calorias necessárias em um dia em petisco. Para isso você deverá consultar um veterinário especialista em nutrição, que irá calcular corretamente quantas calorias seu cão deve ingerir por dia e o quanto de petisco ele pode comer. Outra alternativa são os petiscos com quase 0 calorias como melancia, chuchu, e até mesmo gelo. Eles adoram se refrescar com um cubinho de suco de melancia congelado e não trará muitas calorias.

4- Exercícios. Não tem jeito, para o seu cão perder peso ele precisa se exercitar. É como nós: dieta + exercícios!

Coisas simples como colocar o prato de comida e água longe da caminha já vai ajudar. Não facilite tanto as coisas para ele; se movimentar será sempre positivo e, claro, nada como um bom passeio todos os dias.

Lembre-se que o sobrepeso no seu animal fará mal para suas articulações e órgãos como fígado, coração e rins.

Busque sempre um médico veterinário para te auxiliar!

Andressa Gontijo – Médica Veterinária e fundadora da empresa de Pet Sitter My Pet’s Nanny

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!