Você sabe o que é bola de pelo nos gatos e o que fazer?

bola_pelo

Porém, durante esse ato, inevitavelmente ele acaba ingerindo pelos que vão se acumulando no sistema digestório e, com isso, formam uma espécie de “charuto de pelos”; que são as tais bolas de pelos ou tricobezoar. Esses “charutos” normalmente são eliminados através do vômito.

Alguns gatos tem mais formação das bolas de pelos do que outros. Isso varia de acordo com a alimentação do gato e com o tipo e quantidade de pelos. Gatos com pelos longos e que caem muito são mais propensos a ter o problema, mas isso não significa que gatos de pelos curtos não apresentem, apenas tem menor frequência.

bola_pelo_2

Animais que não conseguem expelir a bola podem ter obstrução intestinal e às vezes passar por cirurgia. Por isso, não deixar formar as bolas ou ajudar seu gato a expeli-las é o ideal.

Mas como posso ajudar meu gato?

1- Primeiro ponto é saber se seu gato sofre desse problema. Eliminar em torno de 4 bolas de pelos por mês não é tão preocupante, principalmente em gatos de pelos longos. Já nos de pelos curtos são menos frequentes, ainda assim dá para ajuda-los a eliminar menos. Eliminar bolas de pelos com mais frequência já é mais preocupante e necessita de uma consulta com um veterinário especialista!

2- Escovação diária: os felinos devem ser escovados diariamente, não é só para deixar o pelo sem nó e bonito, é uma questão de saúde mesmo. Quanto mais você escovar menos pelos terão caindo e, consequentemente, menor a ingestão de pelo.

3- Suplementos: existem no mercado diversos suplementos com a finalidade da não formação das bolas de pelo. Basicamente, esses suplementos não deixam que os pelos se unam uns aos outros e, com isso, não formam a bola. Esses suplementos ajudam os pelos a saíres pelas fezes, sem se acumular.

4- Alimentação: há no mercado diversas rações focadas na prevenção das bolas de pelos. Elas agem semelhantes aos suplementos, porém com a praticidade de você não precisar dar algo na boca do seu gato e sim já estar presente na ração!

Se seu gato vêm apresentando o problema, não deixe de consultar um médico veterinário para que este te indique o melhor caminho a ser seguido!

Andressa Gontijo

Médica Veterinária

Comente

Comente

Your email address will not be published.

Siga nosso Instagram



A Enciclopédia Animal!